A Queiró – Associação para a Floresta, Caça e Pesca, foi criada com um propósito: aprender a trabalhar e a conviver com a floresta e 

Para além de possuir uma equipa técnica qualificada e pluridisciplinar, estamos apostados no trabalho em parceria, em recorrer à consulta especializada e a adotar métodos de gestão inovadores.criar condições para a sua autossustentabilidade. Aposta em planos de acção integrados para a floresta que contemplem a sua defesa, a sua regulação em termos de ecossistema, o reforço e equilíbrio da sua biodiversidade, e a valorização e aproveitamento do seu potencial científico, cultural, social, económico e turístico. Procura rentabilizar os seus recursos múltiplos incluindo as espécies cinegéticas, aquícolas e apícolas bem como a micologia e as plantas aromáticas e medicinais.

Estamos conscientes de que qualquer plano de intervenção na Floresta deve rodear-se de precauções e cautelas de forma a evitar erros, por vezes irreversíveis, cometidos por intervenções do Homem. É essencial que todos nós descubramos que uma boa Floresta constitui um melhor ambiente, mais segurança, melhor qualidade de vida, mais património e mais riqueza.

 

QUEIRÓ - Calluna vulgaris (L.) Hull

Família:

Ericaceae

Ordem:

Ericales

Sub-classe:

Asteridae

Classe:

Magnoliopsida

Sub-divisão:

Magnoliophytina (Angiospermae)

Divisão:

Spermatophyta

Tipo Fisionómico:

Nanofanerófito

Distribuição Geral:

Europa e NW África (Marrocos e Mauritânia); introduzida na América N

Nome Comum:

Leiva
Mongariça
Queiró
Queiró-das-ilhas
Queiroga
Rapa
Torga
Torga-ordinária
Urze
Urze-roxa

Habitat/Ecologia:

Matos
Matagais

Época Floração:

Fevereiro - Novembro


In: http://jb.utad.pt/